Há quase dez anos moramos no Recreio dos Bandeirantes e nos sentimos privilegiados, pois é um dos melhores lugares para se morar no Rio de Janeiro. O bairro que está localizado na zona oeste da cidade, entre a Barra da Tijuca e Guaratiba, oferece mais qualidade de vida do que a maioria dos bairros cariocas.

Mapa do Recreio dos Bandeirantes

Mapa do Recreio dos Bandeirantes

Entretanto, é o bairro que tem crescido mais rapidamente nos últimos anos e é procurado pela classe média alta e alta que buscam morar em uma região mais tranquila e privilegiada pela natureza.

De modo geral, no recreio prevalece o gabarito de construção residencial limitado a três pavimentos, onde os prédios de apartamentos costumam ter grandes varandas e acabamentos elegantes.

Sendo um bairro com vocação ambiental, no Recreio estão agradáveis e amplos parques, além de reservas ambientais, como Parque Chico Mendes, Parque Marapendi, Parque Municipal da Prainha, bosques e praças bem arborizadas, entre elas a Praça Tim Maia localizada próxima a Pedra do Pontal. As ruas também são bem arborizadas e os moradores fazem questão de manter as calçadas bem ajardinadas, bem como os prédios que, geralmente, têm belos jardins. O bairro também conta com uma grande extensão de ciclovias, podendo-se pedalar, inclusive pelas principais ruas dentro das faixas de ciclistas. É possível pedalar do píer da Praia da Barra da Tijuca até a Praia da Macumba por ciclovias.

O acesso rápido à Linha Amarela e o aumento da rede de transportes como o BRT e linhas de ônibus para toda a cidade aproximam o Recreio de todas as demais regiões do Rio, o que tende a melhorar com a chegada do metrô até a Barra pela Linha 4.

Seu clima é dos mais amenos da cidade graças à proximidade com o mar, com as montanhas – o Recreio dos Bandeirante fica exatamente entre o mar e as montanhas –, a presença de vários canais e lagoas, o distanciamento entre as construções e a presença abundante de vegetação. Ainda é possível ter contato com a fauna local, não sendo rara a presença de jacarés-de-papo-amarelo, capivaras, biguás, saguis, jacutingas, tiês-sangue em seus canais, parques e eventualmente em suas ruas. Beija-flores e sibites frequentam as varandas para beberem água. É bem verdade que a explosão demográfica do bairro invadiu o habitat desses animais, entretanto, ambientalistas e grupos de moradores lutam pela preservação e bem estar deles.

O bairro dispõe de um comércio amplo e diversificado com grandes shoppings e hipermercados, colégios e universidades, várias opções de lazer, inúmeros bares, cafés, churrascarias, steakhouses, pizzarias e restaurantes de comidas regionais até a alta gastronomia.

Um extenso litoral, de quase oito quilômetros, se divide em quatro belas praias: Reserva, Recreio, Pontal e Macumba, mais limpas e reservadas do que a maioria das praia da cidade.

A Praia do Recreio, a maior e mais frequentada tem cerca de três quilômetros de extensão e ondas fortes, o que atrai surfistas e praticantes de snowboard, enquanto a Praia do Pontal, a segunda maior, se caracteriza por não haver separação entre o calçadão e os prédios, que possuem um gabarito maior de construção. Estende-se da Pedra do Pontal até a Pedra de Itapuã. A Praia da Macumba é extensa com areias brancas, águas cristalinas e geladas. Além de belíssima, fica fora do roteiro turístico da cidade, sendo mais frequentada por moradores da região. Tem ondas que fazem dela um paraíso para os surfistas. A Praia da Reserva, localizada entre a Praia da Barra da Tijuca e a Praia do Recreio tem esse nome por ficar na Reserva Biológica da Barra da Tijuca. Caracterizada pelas águas límpidas e por sua areia fofa, a praia não tem infraestrutura, exceto fora da área de proteção, onde há quiosques. Não há transporte público e o acesso é somente com carro.

Praia do Recreio

Praia do Recreio

Apesar de ser um bairro com toda infraestrutura e muito boa qualidade de vida, não é um paraíso. Existem problemas como em todos os bairros da cidade, e um deles é a favelização que se expõe, principalmente, com o Terreirão, a maior favela do bairro e a Favela do Beira Rio, no interior do Recreio. Os principais problemas agregados a elas são a prática da construção irregular, invasão e desmatamento de florestas protegidas, uso ilegal de áreas públicas e a poluição do Canal das Taxas e do Canal do Cortado – atingindo diretamente a fauna e flora –, assim como serem base de milicianos. A ausência do metro é outro grande problema que os moradores enfrentam.

A maioria dos eventos dos Jogos Olímpicos de 2016 serão realizados em áreas próximas ao Recreio, assim como a Vila Olímpica que ficará a 5 minutos do bairro. Devido a isso estão sendo realizadas diversas obras públicas que visam melhoria do transporte, saneamento e urbanização do Recreio dos Bandeirantes.

O que ver e fazer no Recreio e nas proximidades

Recreio dos Bandeirantes e bairros vizinhos

Recreio dos Bandeirantes e bairros vizinhos

Parque Ecológico Natural Municipal Chico Mendes

Parque Natural Municipal Marapendi

Parque Natural Municipal da Prainha – Mirante Caeté

Sítio Roberto Burle Marx

Cidade das Artes

Museu Seleção Brasileira CBF

Trilha Pedra do Telégrafo

Museu Casa do Pontal

Santuário de Nossa Senhora de Fátima do Rio de Janeiro

Rio Water Planet

Fazendinha Estação Natureza

Praia do Abricó

Praia do Perigoso

Praia da Macumba

Praia de Grumari

Prainha

Praia do Secreto

Açude do Camorim

W Spa

Além das citadas acima, o Recreio tem inúmeras atrações como cinemas, shoppings, restaurantes, bares, quiosques e ciclovias.

Reserve seu hotel na Barra da Tijuca ou no Recreio com o Booking.com, nosso parceiro e onde nós sempre fazemos nossas reservas. Você não paga nada a mais por isso e o blog ganha uma pequena comissão do Booking. Você reserva uma ótima hospedagem com preço bacana e ainda contribui com a manutenção do blog.

Seguro viagem brasil 728x90

4 Responses

  1. Carolina Monteiro

    Boa noite Katia, sou estudante de economia da UFF (Niteroi) e preciso aplicar uma pesquisa no recreio sobre clínica de depilação, gostaria de um lugar que exista bastante comércio e grande circulação de pessoas, principalmente mulheres. Qual seria essa região? Não conheço nada do recreio. se puder me ajudar, ficarei muito feliz, obrigada 🙂

    Responder
    • Katia Braga
      Katia Braga

      Olá Carolina, tudo bem?

      A região mais movimentada do Recreio é na Av das Américas (lado direito indo para a Barra) entre o supermercado Mundial e, aproximadamente o número 16 mil. Conheço a mais de cinco anos o Espaço Depil no 15.801. Se puder ajudar mais, será um prazer!

      Abs,
      Kátia

      Responder
  2. Luciano

    +Olá!! morei uns meses sozinho na rua DW, bem próximo ao Terreirão. Só no primeiro dia tive uma má impressão . Logo concluí que é bem seguro e … me apaixonei.
    Hoje busco argumentos para levar minha família para morar no bairro.

    Responder
    • Katia Braga
      Katia Braga

      Olá Luciano, boa tarde!

      Vivo no Recreio a 12 anos e acho um excelente bairro para morar, em se tratando de Rio de Janeiro. A única observação que faço é com relação a distância para o centro e zona sul da cidade, mas considerando que já há metrô à partir da Barra da Tijuca, tudo ficou mais perto!
      O Recreio ainda é uma das melhores opções de bairro para se viver no Rio!!!

      Abraço,
      Kátia

      Responder

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.