Algumas informações são fundamentais pra você organizar sua viagem à Chapada dos Veadeiros e aproveitar ao máximo!

Clima

Por ter clima tropical de altitude, tanto no período de seca (de maio a setembro), como no de chuva (de outubro a abril), a paisagem se mostra exuberante sempre.

A temperatura média anual é de 24ºC a 26ºC.

A melhor época para práticas de trekking e esportes de aventuras é o período de estiagem, quando a temperatura está mais baixa, chove pouco e as pedras não estão quentes nem escorregadias, evitando acidentes e queimaduras.

Quando ir

No período de seca, que é entre maio e setembro, é quando os rios estão menos cheios e o ar é muito seco. Nesse período não há risco de tromba d’água, mas o calor é intenso e é preciso se proteger com roupas leves de preferência de cor clara, chapéu e protetor solar. É importantíssimo beber muita água, pois o nível de umidade é considerado igual ao de um deserto, ou seja, muito seco!

O período de chuvas, que ocorre entre outubro e abril, é quando a paisagem fica mais verde e os rios mais volumosos. É conveniente ter na mochila uma capa de chuva. Algumas cachoeiras como a do abismo próxima a São Jorge e muitas outras só aparecem nessa época. Em contrapartida, quando chove há o risco de trombas d’água, o que restringe o acesso a muitas cachoeiras.

Um poço azul turquesa maravilhoso antes de chegar à Santa Bárbara

Um poço azul turquesa maravilhoso antes de chegar à Santa Bárbara

As chuvas no cerrado e, portanto, na Veadeiros, costumam acontecer em pontos isolados, o que quer dizer que pode chover bem em um ponto e não cair chuva nenhuma em outros. Normalmente, é possível ver a pesada nuvem de chuva desabando em algum lugar, pois não existem morros altos impedindo a visão.

A chuva localizada

A chuva localizada

Viajamos para a Chapada dos Veadeiros no final de novembro, período chuvoso, entretanto, tivemos a sorte de pegar dias maravilhosos de sol e poucos períodos nublados com chuvas ocasionais que em nada atrapalharam os passeios.

Apesar de ser um período menos quente, não quer dizer que seja fresco, pelo contrário, ainda é muito quente e o sol bem forte no período de 10:00 ás 15:00. Não deixe de usar protetor solar, boné ou chapéu e levar água.

Como chegar

Brasília é a cidade mais próxima (243 Km) com total infraestrutura para partir em direção à Chapada.

  • De avião

O aeroporto mais próximo é o de Brasília e esta é a melhor forma de chegar a Chapada dos Veadeiros para quem vem de outras capitais. Pegar um avião até Brasília e de lá percorrer os 243 km até Alto Paraíso ou 258 km até São Jorge. A estrada é bem sinalizada, com asfalto bom e é reta em sua maior parte.

  • De carro

Vindo de Brasília, acesso pela BR-020 (direção Sobradinho e Planaltina de Goiás) e GO-118.

  • De ônibus

A empresa Real Expresso (0800-61-7323) tem ônibus partindo de Brasília em  direção a Alto Paraíso.

Quem vem de Goiânia, a viação São José do Tocantins (62-3224-8330) faz o trecho.

Vindo do Rio de Janeiro, Belo Horizonte ou de Palmas, a empresa é a Expresso Caiçara (0800-31-0008).

Onde ficar

A hospedagem vai depender de quanto você está disposto a gastar, se está em família ou em casal, se quer uma pousada para curtir a infraestrutura ou apenas descansar com conforto etc. É possível encontrar hotéis e pousadas para todos os gostos e bolsos até camping para os mais aventureiros.

A cidade com melhor infraestrutura é Alto Paraíso de Goiás, onde há vários hotéis, restaurantes, farmácia e mercado pequenos para necessidades básicas, bancos (Caixa Econômica, Banco do Brasil e Itaú), pronto socorro, posto de gasolina e um Centro de Atendimento ao Turista.

Sobretudo nos meses secos, os hotéis em Alto Paraíso ficam lotados. Como a cidade também é destino do turismo místicos ou exotérico, além do ecoturismo, é importante reservar hospedagem com antecedência. Em Alto Paraíso também se encontram diversas lojas de artigos esotéricos e cristais.

Nós ficamos hospedados no Chappada Hotel, localizado na principal rua de Alto Paraíso e próximo aos melhores restaurantes da cidade.

Muitos visitantes preferem ficar em Cavalcante a fim de curtir a viagem sem sair de suas bem estruturadas pousadas, algumas delas erguidas em antigas fazendas.

Embora seja distrito de Alto Paraíso de Goiás, São Jorge, a pequena vila de casas coloridas e ruas de terra tem vida própria. Muitos turistas preferem se hospedar em São Jorge para aproveitar a atmosfera tranquila da cidade. Outro ponto positivo é a facilidade de acesso ao Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros, pois a entrada fica em São Jorge.

Onde comer

Se você não conhece o termo “almojanta”, é bom aprender, pois é o sistema que costuma ser usado para refeições na Chapada. O termo já sugere… É um almoço em um horário próximo ao jantar!

Como os passeios, na maioria das vezes, duram o dia todo, o horário do almoço se estende para o final da tarde, quando se retorna à cidade.

Normalmente, os restaurantes são simples, geridos por famílias e oferecem comida caseira que pode ser em sistema de bufet a quilo, self-service ou porções servidas à mesa, mas sempre com qualidade e fartura. As refeições são bem brasileiras com arroz, feijão, farofa, carne, salada, além de outros acompanhamentos e dos pratos típicos da cozinha goiana, como a matula e o misto. Os preços são atraentes e justos!

À noite, o serviço é a la carte e vai de opções como sanduiches e pizzas a risotos e pratos mais elaborados.

Abaixo algumas opções de restaurante que conhecemos e indicamos:

Pizzaria Vila Chamego

A pizzaria, no centro de Alto Paraíso, é super aconchegante com mesinha no jardim, iluminação baixa, luz de velas nas mesas e música ao vivo, alguns dias. No cardápio, pizzas com sabores criativos e as clássicas, além de massas e risotos.

As pizzas, com massa fina, são assadas na pedra e servidas com molho preparado com tomate fresco, azeite extra virgem e manjericão orgânico. Um bom vinho, devidamente climatizado, e a noite fica perfeita! Se preferir, a cerveja super gelada cai muito bem!!!

Foto: Divulgação Vila Chamego

Foto: Divulgação Vila Chamego

Foto: Divulgação Vila Chamego

Foto: Divulgação Vila Chamego

Foto: Divulgação Vila Chamego

Foto: Divulgação Vila Chamego

Aproveite o ambiente descontraído para tirar dúvidas e pegar dicas de passeio com o casal proprietário, Eduardo e Samara, que, além de pizzaiolos, são guias.

Endereço: Rua Coleto Paulino, Qd 36, lote 12

Tel.: 62 3446-1245 / 61 9904-0903

E-mail: contato@vilachamego.com.br

Fan Page: facebook.com/vilachamego

Horário de funcionamento: Quarta e quinta das 19h às 24h; sexta e sábado das 19h; domingo das 19h às 24h

Peregrino Restaurante & Café

Sistema de bufet a quilo com comida bem variada, caseira e, inclusive típica da região.

 

Endereço: Av. Ary Valadão Filho, 1.035, Centro – Alto Paraíso

Tel.: 62 3446-1064

Rancho do Valdomiro

Este é, sem dúvida, o mais conhecido da região. O Rancho do Valdomiro fica na beira da estrada e é a parada ideal para quem vem dos passeios, principalmente de São Jorge para Alto Paraíso, pois passa na frente do restaurante.

O Rancho do Valdomiro serve o mais famoso prato típico do cerrado – a matula. O prato lembra a feijoada, mas é preparado com feijão branco ou mulatinho, carne de sol, linguiça, miúdos de porco e cúrcuma ou açafrão da terra. É acompanhado de arroz, galinha caipira e mandioca. Após a refeição, prove os licores artesanais de sabores exóticos como buriti, açaí e pequi.

Endereço: Estrada para São Jorge, Km 19 – Alto Paraíso

Tel.: 62 9802-4419

Bom Fa’ss

Comida caseira, saborosa e muito bem servida à mesa: Arroz, feijão, farofa, legumes e verduras, além de peixe frito ou carne.

Endereço: Rua Francisco Carlos, Qd. 51, lote 10, Monte Sinai – Alto Paraíso

Tel.: 62 3446-2212

Jambalaya

O restaurante é um dos mais sofisticado da região e serve comida variada. À noite, a iluminação de velas dá um toque de romantismo. No almoço o sistema é self-service e, no jantar, à la carte.

Endereço: R. 7, Quadra 6, Lote 11, Estância Alto Paraíso – Alto Paraíso

Tel.: 62 3446-1775 / 62 9801-2026

Oasis Lounge Club

Um misto de restaurante e chopperia com música e shows nos fins de semana. Os pratos variam de picanha acebolada na chapa a escondidinho de carne seca até os mais elaborados como tilápia grelhada ao licor Frangelico. Aos sábados é servido a tradicional feijoada com caipirinha.

Endereço: R. Coleto Paulino, 512 – Alto Paraíso

Tel.: 62 3446-1307

Zu’s Bistrô

Este realmente nos encantou! O Zu’s é super simples, mas não se deixe impressionar pela extrema simplicidade de algumas mesas em uma pequena varanda, pois os pratos são maravilhosos! A dona prepara pessoalmente risotos e massas. Os risotos são tão criativos quanto deliciosos: Frango com pequi, tomate seco com rúcula, frango com canela, entre outros! A vontade era provar todos!!!

 

Polenta com queijo derretido (entrada)

Polenta com queijo derretido (entrada)

Risoto de tomate seco com rúcula

Risoto de tomate seco com rúcula

Risoto de frango com canela

Risoto de frango com canela

Nós em família no Zu's Bistrô

Nós em família no Zu’s Bistrô

Endereço: R. Nascente, 118 – Alto Paraíso

Tel.: 62 3446-1073 / 62 9994-2519

Restaurante da Comunidade Kalunga

Antes de seguir para às cachoeiras Santa Bárbara e Capivara, reserve um horário com o restaurante que fica bem no centro da comunidade remanescente de quilombola para almoçar na volta do passeio. A comida é simples, farta e deliciosa! Arroz, feijão, frango caipira, legumes e verduras, salada e algum outro acompanhamento da época.

Onde comer e curtir a noite na Chapada dos Veadeiros

Informações úteis 

  • DDD 62 
  • Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros

O acesso é pelo distrito de São Jorge, a 36 quilômetros de Alto Paraíso.
Tel: (62) 3455-1116 / 3446-1416

Entrada gratuita

Horário de funcionamento: De terça-feira a domingo, com entrada permitida das 8h às 12h. Já a saída deve ser feita até às 18h.

ATENÇÃO: É necessário contratar guias credenciados para ter acesso ao parque. Cada guia atende, no máximo, grupo com 10 pessoas e os preços são tabelados.

  • Guia de Turismo Rgional (GO) – Alto Paraíso

Recomendamos o Eduardo Magalhães Clemente que nos atendeu desde o planejamento da viagem e foi um profissional super competente, além de um amigo durante toda a viagem.

Caso você precise, ele atende com veículo 4×4 próprio, que é cobrado a parte.

Eduardo e Paulo (na frente), eu e meus filhos Paola e Paulinho (atrás)

Eduardo e Paulo (na frente), eu e meus filhos Paola e Paulinho (atrás)

WhatsApp: (62) 8185-2744

E-mail: eduardomclemente@gmail.com

  • Informações turísticas

Centro de Atendimento ao Turista (CAT)

Alto Paraíso – Tel.: (62) 3446-1159

Cavalcante – Tel.: (62) 3494-1507

Vila de São Jorge – Tel.: (62) 3455-1090

  • Vacina

É recomendável tomar a vacina contra febre amarela dez dias antes da viagem. A vacinação é gratuita e pode ser feita em qualquer posto de saúde.

  • Cartões de crédito e débito

São aceitos com algumas exceções, por isso é conveniente levar dinheiro em espécie. Os passeios são pagos em dinheiro vivo.

  • Hospedagem e alimentação

Alto Paraíso é onde há melhor infraestrutura de hospedagem e restaurantes da região.

  • Compras

Lojinha simples e charmosas vendem artesanato local, cristais, incensos, fitoterápicos e coisas da região.

Alto Paraíso 

  • Centro de Atendimento ao Turista (CAT)

Av. Ari Ribeiro Valadão Filho, Praça do Artesão – Alto Paraíso

Tel.: (62) 3446-1159

Horário de funcionamento: Todos os dias das 8h às 12h, 14h às 18h

  • Rodoviária Municipal de Alto Paraíso

Tel.: (62) 3446-1359

  • Banco

Caixa Econômica, Itaú e Banco do Brasil

  • Hospital Municipal

Rua São José Operário, s/n, Paraisinho – Alto Paraíso

Tel.: (62) 3446-1103

  • Posto de gasolina

Apenas em Alto Paraíso

  • Supermercado Paraíso

Rua Palipalã – Alto Paraíso

Tel.: (62) 3446-1222

E-mail: supermercadoparaiso@gmail.com

Horário de Funcionamento: segundas e terças das 07:30 às 19:30h; domingos das 08:00 às 12:30h – Sacolão Frutas e Verduras – terças e quintas

Aceita cartões de crédito

  • Farmácia Brasil Natur

Rua São José Operário 222 QD51 – Lote 12B / (em frente ao Hospital Municipal)

Tel.: (62) 3446 1005

E-mail: drogarianatur@globo.com

Horário de Funcionamento: Segunda a sexta: 07:00 às 20:00h; sábado: 07:00 às 22:00h; domingos: 08:00 às 21:00

Aceita cartões de crédito

Cavalcante 

  • Centro de Atendimento Turístico (CAT)

Av. Silvino Ferreira

Tel.: (62) 3494-1507

Horário de funcionamento: Todos os dias das 8h às 19h

  • Rodoviária Municipal

Tel.: (62) 3494-1067

  • Hospital Municipal de Cavalcante

Av. Elias Jorge s/n, Cavalcantinho – Cavalcante

Tel.: (62) 3494-1322

São Jorge

  • Centro de Atendimento Turístico (CAT)

Em frente à Praça do Artesanato

Tel.: (62) 3455-1090

Horário de funcionamento: De sexta a domingo das 8h às 12h, 14h às 17h

Dicas Importantes 

  • Programe a visita e contrate um guia com antecedência.
  • Levar roupas leves, roupas de banho, agasalho leve para a noite, mochila, tênis confortável, cantil, protetor solar, chapéu, repelente e máquina fotográfica.
  • Nas trilhas, além da roupa de banho, é importante levar água, algum lanche leve e protetor solar.
  • Use calçados apropriados e antiderrapantes para fazer caminhadas, pois há trechos escorregadios. Mas, leve calçados amaciados!
  • Abasteça o carro em Alto Paraíso, pois não há postos de combustíveis em outras localidades da região.
  • Para fazer os trekkings é recomendável estar com a forma física em dia. Informe-se previamente sobre o grau de dificuldade.
  • Prove a matula, prato típico da região, no Rancho do Valdomiro.
  • Informe-se sobre tudo que pretende ver e fazer antes de viajar.
  • A estrada que liga Alto Paraíso a São Jorge tem 36 km sendo 23 asfaltados e 13 de terra. Não é conveniente exagerar na velocidade, pois o cascalho solto causa muitos acidentes. Além do mais, a paisagem merece ser apreciada!
  • Se for experimentar o pequi natural, fruto do cerrado, cuidado para não morder o caroço, ou vai ficar com a língua cheia de espinhos.
  • Leve dinheiro em espécie, pois não são todos os estabelecimentos que aceitam cartões de crédito ou débito.
  • Nos atrativos como cachoeiras particulares, tirolesa entre outras atividades, os pagamentos são feitos em espécie.
  • Apesar de não ser obrigatória a condução por guia nos atrativos fora do PNCV, é fundamental a presença de um guia credenciado. Muitos acessos por estrada de terra e trilhas não são sinalizadas – Couros, por exemplo. Além disso, algumas cachoeiras só podem ser visitadas com a presença de um guia, seja contratado antecipadamente ou no local – é o caso de Santa Bárbara.
  • É fundamental um veículo 4×4.
  • Faça um café da manhã reforçado e leve lanche para os passeios, pois normalmente, o almoço é no final da tarde.
  • Almoce no restaurante da Comunidade Kalunga quando for à Santa Bárbara e Capivara.
  • Uma noite coma a pizza na Vila Chamego e outra, experimente um dos risotos do Zu’s Bistrôs.

 

 

Reserve seu hotel na Chapada dos Veadeiros com o Booking.com, nosso parceiro e onde nós sempre fazemos nossas reservas. Você não paga nada a mais por isso e o blog ganha uma pequena comissão do Booking. Você reserva uma ótima hospedagem com preço bacana e ainda contribui com a manutenção do blog.

 

Seguro viagem brasil 728x90

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.