Tiramos uma manhã para conhecer o Jardim Japonês, um espaço dedicado à cultura japonesa, em Buenos Aires – o Complexo Cultural y Ambiental Jardín Japonés, localizado no  Parque Tres de Febrero, em Palermo.

Este é um passeio que queríamos muito fazer, então seguimos para lá numa manhã linda de sol, o que nos proporcionou ótimas fotos.

O táxi foi nosso transporte escolhido, aliás, só pegamos ônibus e metro uma vez, pois os táxis são muito baratos, conforme já falei em outros posts.

O jardim foi fundado em 15 de maio de 1967, em comemoração a visita do então príncipe herdeiro Akihito e da princesa Michiko a Argentina. A Fundação Cultural Argentina-Japonesa é a entidade responsável pela administração do jardim.

Elementos tradicionais da cultura japonesa compõem a paisagem. A lanterna de pedra é um elemento tanto budista como xintoísta, representando iluminação espiritual e também literal. Na tradição japonesa, as famílias ofereciam lanternas de pedra ao seu templo ou santuário de devoção.

O pagode de pedra de 13 andares também é uma referência budista. Na arquitetura de templos, o pagode tem a função de guardar alguma relíquia do Buda. A quantidade de andares ou divisões é sempre ímpar, e no topo, há uma representação da flor de lótus – outro símbolo do budismo.

Uma grande atração é o lago com carpas colorida e pontes fascinante que fica no centro do jardim.

Há também uma biblioteca especializada em cultura japonesa e educação ambiental, restaurante, loja de souvenir e espaços destinados à realização de exposições, palestras e workshops.

Fica a dica para relaxar um pouco e passar uma manhã longe da badalação portenha.

O Complexo Cultural y Ambiental Jardín Japonés está localizado no cruzamento da Avenida Presidente Figueroa Alcorta e Avenida Casares.

Aberto diariamente, das 10:00 às 18:00; telefone: 4804-4922.
Site: http://www.jardinjapones.org.ar/

Reserve seu hotel em Buenos Aires com o Booking, nosso parceiro e onde eu sempre faço nossas reservas.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.