A cidade de Pisa, na Itália, celebra todos os anos, no dia 16 de junho, ao longo do rio Arno, a Luminara de São Ranieri, uma grande iluminação ao patrono da cidade, São Ranieri.

Tradicionalmente, os pisanos comemoram com iluminação à luz de velas – aproximadamente 120 mil velas -, na noite que antecede 17 de junho, o dia de São Raniere.

As velas são, cuidadosamente, colocadas em copinhos que são pendurados em molduras de madeira, pintadas de branco – chamadas “linho”.

A iluminação tem objetivo de destacar a forma dos edifícios, pontes, igrejas e torres ao longo do Arno.

Excepcionalmente, a Torre de Pisa, que não está ao longo do rio Arno, é iluminada com tochas banhadas em óleo, também como a moda antiga. As mesmas tochas adornam as muralhas da cidade na Praça dei Miracoli.

À noite, quando as velas estão acesas, o reflexo no Arno é simplesmente deslumbrante, oferecendo aos que observam um encantamento visto desde a antiguidade. No rio Arno também são depositadas velas flutuantes!

A tradição da Luminara remonta a 25 de março de 1688, ocasião em que foi colocada, na capela do Duomo de Pisa, a urna com o corpo de Ranieri degli Scaccierie – morto em 1161, dando início a grande celebração de “iluminação” na cidade, que em 1800 ficou conhecida como “Luminara”.

Luminara

Entretanto, a celebração iluminando a cidade com lâmpadas a óleo não foi uma invenção para este evento, mas um hábito nascido há tempos e gradualmente estabelecido em eventos particularmente solenes ou festivos, não necessariamente ligado ao culto do santo padroeiro. Na verdade, encontra-se evidências claras desta tradição em 14 de junho de 1662, ocasião em que foi realizada a iluminação em homenagem a Princesa Louise Marguerite d’Orleans, futura  esposa de Cosimo II que passou por Pisa a caminho de Florença.

Ainda existem evidências de edições anteriores, como a que foi organizada em honra de Vittoria della Rovere durante a festa da noite para o carnaval de 1539.

As velas são cuidadosamente colocadas ressaltando o contorno

As velas são cuidadosamente colocadas ressaltando o contorno

Com o intuito de acender as janelas das casas, para a passagem de desfiles ou procissões, a  Luminara segue realça os contornos dos novos tempos, tomando forma no século XVIII, com arquitetura brilhante, de livre imaginação para aplicação em edifícios, que cada vez menos respeitavam as estruturas reais, inventando formas bizarras que transformaram a cidade e, especialmente, a margem do rio, em um cenário de fantasia e efeito teatral. Em alguns edifícios, a iluminação continua a ter a função de destacar as estruturas originais.

Depois de interrupções ao longo do tempo, voltou-se a celebrar a Luminara di San Ranieri, em 1952, durando até 1966, ocasião em que a violência da inundação causou o colapso da Ponte Solferino e de trechos do rio Arno. Após essa interrupção, a Luminara di San Ranieri foi retomada em junho de 1969,  e continua até hoje!

Comune di Pisa

Tel.: 050 910506 – 050 910393

Email: manifestazioni.storiche@comune.pisa.it

Site: www.pisainformaflash.it

Reserve seu hotel com a gente!!!

Temos uma parceria com o Booking.com e reservando através do blog você ajuda a mantê-lo, pois ganhamos uma pequena comissão e você conta com a qualidade de um dos líderes em reservas on line sem pagar mais por isso. Clique aqui!

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.