A Holanda não tem uma culinária específica. Pode-se encontrar um prato normal de batatas, verduras e carne com a mesma facilidade em que encontra pratos indianos, chineses, surinameses, turcos, italianos ou mediterrâneos.

O café da manhã e o almoço são, geralmente, refeições simples com pão, frutas e laticínios. O jantar é, normalmente, uma refeição quente servida entre 18h e 19h. Na maioria dos restaurantes, a cozinha fecha entre 21h e 22h.

O país ostenta, atualmente, muitos chefs renomados e mais de 100 restaurantes com estrelas Michelin. É rica em opções locais, que servem receitas saudáveis, sem falar nos mercados a céu aberto, repletos de produtos orgânicos.

Pelas ruas do país, dois pratos são muito populares: Patatje met, batatas fritas com maionese, e Haring, ou arenque, servido puro ou em um pão com cebolas ou picles.

Batatas, verduras, legumes e carnes, principalmente a suína e peixes, figuram nos pratos típicos da Holanda, como a sopa Erwtensoep, feita com ervilhas e carne de porco, e o Stamppot,  purê de batatas com verduras e Rookworst, um salsichão.

De sobremesa, a pedida é o Stroopwafel, waffle recheado de caramelo, servido com café ou chá.

Queijos e cervejas fazem a fama internacional da Holanda.

Edam e Gouda, nomes das cidades onde são fabricados, são os queijos mais conhecidos – pelo interior do país, inúmeros mercados, festivais e leilões rendem homenagem à iguaria.

Quanto às cervejas, Heineken, sem dúvida, é a mais popular, mas outras cervejarias artesanais produzem bebidas de excelente qualidade.

Pratos holandeses típicos

Snert – Sopa de ervilhas com salsichas servida no inverno para recuperar as energias.

Stamppot – Batatas e carne em forma de ensopado, podendo ter variações com couve, repolho, cebola, cenoura, salsicha e bacon. O toque final é uma abertura no meio do cozido preenchida com caldo de carne. Este é também um prato de inverno.

Poffertjes – Parecem pequenas panquecas, porém mais grossas e mais doces. Geralmente servida com açúcar e manteiga. É popular especialmente entre as crianças.

Patatje met – As batatas não são especiais, mas o que vem com elas sim. Os holandeses preferem comer as batatas fritas com maionese em vez de catchup.

Bitterballen – O melhor petisco para quando se está bebendo. Pequenas bolas de ragu de carne fritas. O irmão mais velho do “bitterballen” é o kroket, vendido em qualquer barraca de lanches.

Haring – O peixe mais popular da Holanda é o arenque. Você pode comer em um pão com cebolas ou picles, ou pode comer da maneira original, segurando o peixe pela cauda.

Alcaçuz – O alcaçuz holandês tem versões doces e salgadas e vem em vários formatos e sabores. Em nenhum lugar do mundo se come tanto alcaçuz como na Holanda.

Hagelslag – Chocolate granulado em um sanduíche, saboreado por pessoas de todas as idades.

Muisjes – Confeitos de anis servidos sobre pão, com uma camada de açúcar rosa, azul ou branco. É um costume holandês comer torrada com confeitos de anis para celebrar o nascimento de uma criança.

Stroopwafel – Waffle recheado com caramelo. Este é um prato típico holandês e ideal para acompanhar uma xícara de café ou chá.

2 Responses

  1. Inara Passos

    Olá! Poderia me ajudar? Onde posso comprar as famosas balas de alcaçuz holandesas, tanto doces quanto salgadas? Obrigada.

    Responder

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.