As paisagens naturais, os monumentos históricos e a deliciosa culinária fazem da Itália um dos destinos preferidos de viajantes do mundo inteiro. Preparei uma lista de filmes que contemplam cidades, lugares e paisagens italianas que vão aguçar a curiosidade, à vontade, a saudade ou o desejo de quem gosta de viajar, mesmo que seja por meio do cinema.

Sob o Sol da Toscana 

Este romântico filme de 2003, como o próprio nome já diz, se passa na Toscana, um dos lugares mais lindos e charmosos da Itália. Baseado na biografia da escritora americana Frances Mayes, Under the Tuscan Sun (Sob o Sol da Toscana), é a história de uma mulher que acabou de se divorciar e compra, por impulso, uma casa velha em Cortona,  uma piccola cidade medieval com todos os estereótipos que um vilarejo da Toscana poderia ter.

Além dos campos e paisagens da Toscana, o filme, estrelado por Diane Lane,   mostra as cidades de Cortona, Roma e Positano.

De Encontro com o Amor

A história se passa na Toscana rural, em uma vila belíssima! Um jovem escritor, Jeremy Taylor, vai a procura de um consagrado escritor, seu ídolo,  que vive recluso. Jeremy o encontra no interior da Itália e, após uma resistência inicial, consegue se aproximar e tornar-se seu amigo. Parish, o consagrado escritor, passa a lhe ensinar como lapidar seu talento e ao mesmo tempo Jeremy se apaixona por Isabella, filha de seu mestre.

Para Roma, com Amor

Um filme de 1012, de Woody Allen e bem ao estilo do diretor, conta quatro histórias românticas e engraçadas que não se cruzam. Muitos amam, muitos odeiam. Eu amei, não tanto pela história em si, mas porque as cenas externas são belíssimas e passa quase completamente nas ruas da histórica Roma, tendo seus monumentos como plano de fundo. Muitas cenas com o experiente Alec Baldwin se passam no Trastevere, bairro moderninho na margem ocidental do Rio Tibre. Um de seus principais atores é o italiano Roberto Benigni.

Elza e Fred 

Filme argentino que se passa em Roma e mostra a história de amor de um casal de idosos divertidíssimos que vivem em Madri. Ela sonha conhecer a capital italiana e repetir a cena do filme La Dolce Vita, quando a linda Anita Ekberg entra de roupa e tudo na Fontana de Trevi (prática proibidíssima e sujeita a multa e prisão).

Comer, Rezar, Amar 

O filme baseado no Best-seller de mesmo nome, da escritora Elizabeth Gilbert e, interpretado por Julia Roberts, conta a história de uma mulher que resolve romper com seu casamento e sua vida saindo em buscar de respostas para suas aflições interiores. O filme se passa na Itália, principalmente em Roma e tem muitas cenas nas belas ruas da cidade e, claro muito macarrão, pizza marguerita e sorvete. Os lugares são lindos. Depois o desenvolvimento da espiritualidade na Índia e por último a busca pela paz interior e a descoberta de um novo amor em Bali.

Um passeio pelas estreitas ruas de Roma com muita pizza e gelato.

O Turista

Ao assistir este filme, realmente me senti como se estivesse em Veneza e, só aumentou ainda mais a vontade de visitá-la novamente. Filme de 2010 tem as cenas iniciais em Paris, depois no interior de um trem indo de Paris para Veneza e, finalmente cenas inebriante por toda Veneza. Não bastasse, o filme é estrelado pelos belos Angelina Jolie e Johnny Deep.

Começou em Nápoles

Filme de 1960, estrelado por Sophia Loren e Clark Gable, conta a história de um advogado da Filadélfia que vai para Nápoles, no sul da Itália, resolver questões familiares deixadas pelo seu falecido irmão e lá conhece, além de um sobrinho, a dançarina sexy vivida por Sophia Loren.

Cartas para Julieta 

Filme de 2010 e estrelado por Amanda Seyfried, é uma deliciosa comédia romântica que tem como base o Museu Casa de Julieta, em Verona, e as carta deixadas para ela. Uma mocinha loirinha resolve procurar a autora de uma carta de amor escrita em 1957. O filme mostra diversas cenas na charmosa Verona, te leva por um tour pelas belíssimas estradas da Toscana, e um passeio pela fantástica Siena e sua praça principal. Lembro de subir as escadarias ao lado do batistério e aos pés da catedral de Siena, num final de tarde, onde o casal romântico do filme toma sorvete.

Anjos e Demônios

Neste filme de 2009, o simbologista de Harvard, Robert Langdon, trabalha para evitar assassinatos e um atentado terrorista contra no Vaticano. Com cenas lindíssimas em Roma e no Vaticano, faz você querer embarcar logo depois do final do filme.

O filme, estrelado por Tom Hanks, é um verdadeiro roteiro turístico, cultural e artístico para ser seguido em Roma!

007 Somente Para Seus Olhos

Filme de 1981é indicado para quem gosta de montanhas e neve, pois mostra cenas de ação intensa com James Bond nas encostas das montanhas do badalado Resort de esqui de Cortina d’Ampezzo, na província de Belluno. Neste filme James Bond era vivido por Roger Moore.

007 Cassino Royale

É a estreia de Daniel Craig no papel do infalível agente 007 em sua primeira missão. O Cassino Royale, que batiza o filme, está localizado, na história do filme, em Montenegro. As cenas do cassino, porém, foram gravadas no Grand Hotel Pupp, na cidade de Karlovy Vary, um dos mais belos destinos da República Tcheca. O hotel foi inaugurado no começo do século 18 e está emoldurado pelas belas paisagens do país. O filme também tem belas cenas em Veneza, principalmente quando Bond e Vesper chegam de barco e depois cenas gravadas no hotel Cipriani, um dos estabelecimentos mais luxuosos e glamorosos de Veneza. Os filmes de James Bond nos levam à vários lugares do mundo, neste mesmo filme, ainda tem cenas rodadas nas Bahamas, particularmente no resort Atlantis Paradise Island.

Meus Caros Amigos

Este faz parte de uma trilogia que mostra Florença e arredores sob o cotidiano de um grupo de velhos amigos que vivem para pregar trotes nas pessoas. O forte dessa comédia hilária é justamente a irreverência do grupo – e as cenas de uma Florença “não turística”.

A Princesa e o Plebeu 

A suave comédia romântica em preto e branco, de 1953, é protagonizada por Gregory Peck e Audrey Hepburn e conta a história de uma princesa entediada e um jornalista americano flanando pelas ruas de Roma em uma Itália saída a menos de uma década da guerra.

As cenas têm como pano de fundo a Piazza di Espagna, a Bocca della Virita e o Monumento a Vitorio Emanuelle II.

Bem-Vindo ao Sul 

O filme explora a rixa entre o italiano do norte e do sul numa comédia onde um funcionário dos correios querendo ser transferido para Milão, alega uma suposta deficiência física.

Quando descoberta a farsa ele é transferido, como punição, para uma cidadezinha ao sul de Nápoles.

Chá com Mussolini

Um “Drama”, de 1999, dirigido por Franco Zeffirelli que conta uma semibiografia do diretor mostrando lembranças da história vivida no período de 1935-1944 e as turbulências políticas em Florença durante os anos do fascismo e da Segunda Guerra Mundial. O filme é ambientado em Florença e San Gimignano, onde três excêntricas senhoras britânicas unem-se a Elsa Morganthal, uma colecionadora de artes vivida por Cher, e uma arqueóloga para ajudarem Luca, um menino órfão. Com o início da guerra, a vida dessas pessoas muda radicalmente. O charme do filme reside no fato de se respirar a arte e a beleza de Florença e a arquitetura de San Gimignano.

Agonia e Êxtase

O início deste filme, de 1965, relata a inclinação de Michelangelo para as artes, mas o foco principal se dá quando o papa Júlio II o convida e depois o obriga a pintar o teto da Capela Sistina, no Vaticano. O filme descreve os conflitos e angústias vividas pelo artista renascentista ao se deparar com um novo desafio artístico, pois ele não dominava a pintura com a maestria com que talhava o mármore e revelava grandes esculturas. O filme mostra detalhadamente o processo de criação, execução e todo o drama que envolveu um dos maiores ícones da arte mundial, o fabuloso trabalho de Michelangelo na Capela Sistina. Seguramente é um filme que você deve assistir antes de visitar o Vaticano e a Capela Sistina!

Cinema Paradiso

Excelente em todos os sentidos possíveis. É sem dúvida a maior homenagem de amor ao cinema. Um presente para os amantes do cinema de todo o mundo, um filme que sabe contar histórias. “Cinema Paradiso” ocorre em uma aldeia siciliana na Italia do pós-guerra e fala sobre uma amizade entre um projecionista do cinema local, Alfredo (Philippe Noiret) e o garotinho Salvatore Toto (Marco Leonardi).

Casanova

A história narra uma parte da vida de Giacomo Casanova, o famoso aventureiro e sedutor da Veneza do século XVIII, com suas conquistas, duelos, intrigas políticas e muitas imagens!

La Dolce Vita

O drama de 1960, considerado a obra-prima do diretor  Frederico Fellini, mostra cultura italiana vista através da figura de um jornalista, amante inveterado, que se depara com a histeria do povo, resultado da possível ocorrência de um milagre. Através dos olhos deste personagem, Fellini mostra uma Roma moderna, sofisticada, mas decadente, com os sinais da influência estadunidense. O repórter é um homem sem compromisso, que se relaciona com várias mulheres: a amante ciumenta, a mulher sofisticada em busca de aventura, e a atriz de Hollywood, com a qual passeia por Roma, culminando no ponto alto do filme, a famosa sequência da Fontana di Trevi.

Beleza Roubada

O filme de 1996, do diretor Bernardo Bertolucci é uma obra belíssima e cativante, seja por seu cenário magnífico da Toscana que serve de inspiração para qualquer um, quanto por seus personagens marcantes. Uma moça de 19 anos, após a morte da mãe, decide dar um novo sentido a sua vida e parte para uma pequena cidade Toscana.

Um Homem Misterioso

Jack (George Clooney) é um exímio criador de armas de fogo. Ele as faz sob encomenda, para que atendam ao desejo do cliente ao realizar seu serviço. Ao longo do tempo ele ganha vários inimigos, o que o força a viver sempre sozinho e escondido na pequena cidade Toscana de Castelvecchio, onde se envolve com a prostituta Clara (Violante Placido), que desperta nele a vontade de mudar de vida.

Bem, a lista é vasta e eu poderia citar outras produções com cenas na Itália, mas priorizei os que exploram as paisagens e a fotografia.

Agora é só assistir e fazer as malas!!!

3 Responses

  1. Wagner

    Boa tarde.
    Sou de São Paulo.
    Estou embarcando, com minha esposa, para Veneza (escala em Schiphol/Amsterdam) no início de dezembro/2016. Permanecerei pelo arredores (Incluindo Toscana) por 10 dias.
    Quais as dicas de compras (principalmente), passeios, restaurantes e transportes?
    O que vale à pena e o que é obrigatório comprar nesse passeio (incluindo Schiphol)?
    Agradeço pelo retorno.
    Grande abraço.

    Responder
    • Katia Braga
      Katia Braga

      Olá,
      Será, sem dúvida, uma bela viagem e, dependendo da época vocês terão a oportunidade de visitar vários mercados de Natal (imperdíveis).
      Dezembro é mês de dias curtos e, para aproveitarem mais, comecem cedo o dia, principalmente nas visitas às cidades da Toscana.
      Schiphoh é um dos melhores aeroportos do mundo e tem um excelente free shop. Sugiro que vocês deem uma olhada no artigo Compras em Schiphol: http://cruzandomundo.com.br/dicas/compras/compras-no-free-shop-de-amsterdam-schiphol/
      Veneza é incrível e além dos atrativos tradicionais, principalmente na Praça de São Marcos, caminhem pelas ruelas sem destino certo, pois acharão coisas incríveis. Se houver tempo, passeiem pela ilha do Lido, mas não deixem de ir a Murano e Burano. As compras estão relacionadas aos vidros, cristais e souvenires como as famosas máscaras venezianas. As osterias são uma boa dica para experimentar boas iguarias com pães e vinho. Um dos pratos típicos venezianos é o espaguete Nero, preparado com a tinta negra das lulas.
      Na Toscana come-se muito bem, digamos como em toda a Itália, em minha opinião! Os destaques da região ficam por conta do azeite, dos presuntos e embutidos, dos queijos e pães, das carnes de caça e legumes. Os vinhos do Chianti e os Brunellos são imperdíveis, assim como a bisteca alla Fiorentina, um dos pratos típicos da região. Se houver tempo, uma visita aos vinhedos da região é um passeio e tanto.
      Florença é um museu a céu aberto, mas não deixem de visitar alguns dos melhores museus da cidade onde estão obras icônicas do renascimento, do Barroco e de outros movimentos. Se quiserem deem uma olhada no post Museus imperdíveis em Florença: http://cruzandomundo.com.br/dicas/atividades/os-maiores-museus-de-florenca/
      O Duomo de Florença é, por si só, uma obra fabulosa e merece uma visita atenciosa: Duomo de Florença – http://cruzandomundo.com.br/dicas/atividades/duomo-de-florenca-e-a-espetacular-cupula-de-brunelleschi/
      O pôr do sol visto da Piazza Michelangelo, do outro lado do rio, é imperdível, apesar de não ter estado lá em dezembro. Entretanto, a vista já vale o passeio! Outra vista imperdível é de dentro da Galleria Uffizi para a ponte Vecchio.
      Em Siena, não deixem de caminhar pelas ruas medievais observando os casarios, sacadas e todos os detalhes pelas contradas (bairros). No blog tem posts que falando sobre Siena. Há bons restaurantes na Piazza del Campo.
      Não sei se está nos planos de vocês, mas Verona e Bologna são duas cidades maravilhosas e merecem uma visita, mesmo que seja um bate e volta.
      Dica:
      Se alugarem um carro, o que é ideal saiam de Veneza, passem por Verona, depois desçam para Florença, passando por Bologna. Florença é uma excelente base para visitar outras cidades e merece uma estada de, no mínimo, três dias completos.
      Deixando Florença, atravessem com calma o Vale do Chianti em direção à Siena, onde podem fazer outra base de uns três a quatro dias. Opções de cidades para visitarem dependendo do tempo de vocês (lembrando que não será verão e os dias escurecem bem mais cedo): Sam Gimignano, Volterra, a cidade murada de Colle di Val d’Elsa, Arezzo e Cortona.
      Na toscana vocês encontrarão, para comprar, artigos em couro e cerâmica local, doces, embutidos e comidas da região.
      Se passarem por Roma, podem dar uma olhada no nosso guia: http://cruzandomundo.com.br/dicas/roteiros/guia-cruzando-mundo-para-roma/
      Roteiro pelas fontes de Roma:
      http://cruzandomundo.com.br/dicas/roteiros/roma-roteiro-pelas-mais-belas-fontes/
      Espero ter ajudado!

      Abs,
      Kátia

      Responder

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.