São João del Rei, terra da música sacra e onde os “sinos falam”, ruas históricas, vias sacralizadas em tapetes de areia e serragem, local onde os inconfidentes tramaram seus ideais. Essas foram as principais razões que nos fizeram passar três dias nesta cidade que respira história e cultura.

Passar alguns dias em São João del Rei é passear pela história e visitar um museu a céu aberto. Além da riqueza cultural de um povo fervorosamente católico, que resultou no surgimento de diversas igrejas católicas, se têm a oportunidade de conhecer várias construções históricas, algumas do século XVIII, desfrutar da culinária mineira e da hospitalidade do povo de Minas.

A cidade fundada no final do século XVII foi conhecida inicialmente como Arraial Novo do Rio das Mortes. Foi um dos cenários da Guerra dos Emboabas, um dos maiores conflitos ocorridos em Minas Gerais. O município foi por longos anos um grande polo de garimpo na região e após o ciclo do ouro, a população passou a viver do comércio, atividade favorecida especialmente na época em que a corte portuguesa se transferiu de Portugal para o Rio de Janeiro. Atualmente é a maior cidade setecentista de Minas Gerais e a mais desenvolvida economicamente, mas nem por isso deixou de ter o jeito interiorano das cidades históricas.

São João del Rei está inserida no complexo da Serra da Mantiqueira o que lhe confere um importante destino para o ecoturismo. Entretanto o que atrai a grande maioria dos turistas é o importante acervo histórico e arquitetônico da cidade.

Igrejas, capelas, passos, museus e pontes artísticas interligam as duas metades urbanas cortadas pelo Córrego do Lenheiro.

O principal programa em São João del Rei é contemplar a riqueza histórica como o casario colonial nas ruas e praças, o circuito das igrejas barrocas e os museus, no centro histórico. Entretanto, o artesanato, a arte em estanho, os sinos, o passeio de Maria-fumaça, a mineiríssima comida e muito folclore deleitam o visitante proporcionando admiração à cultura da cidade.

A linguagem dos sinos é outro grande atrativo, pois esta é a única cidade brasileira que ainda mantém a tradição colonial de usar o badalo dos sinos para informar qualquer coisa que aconteça na cidade. Mesmo que você não entenda porque os sinos dobram, não tem como não prestar atenção nesta arte que também foi tombada pelo IPHAN.

O vídeo abaixo mostra um pouco da importância dos sinos e seus toques para o povo de São João del Rei.

A música também é outro destaque cultural do município. A Lira Sanjoanense e a Ribeiro Bastos são orquestras centenárias, responsáveis pela tradicional música sacra em São João del Rei.

São João del Rei tem menos charme e praticamente nenhuma vida noturna, ao contrário de sua vizinha Tiradentes. As pousadas, de modo geral, são mais simples também. Entretanto, a riqueza de seu patrimônio histórico é indiscutivelmente fantástica!

Recomendo que fique na cidade, pelo menos, dois dias completos incluindo o domingo, pois a missa, das 9h15min, na igreja de São Francisco de Assis, aos domingos, é acompanhada por canto gregoriano.

  • No primeiro dia faça o circuito das igrejas, passinhos e museus. Nesse tour pelo centro histórico, você basicamente conhecerá toda parte histórica de São João del Rei, visitando as igreja, admirando o casario, os solares e os passos e ainda visitando o museu de arte sacra. Dependendo do tempo em que ficar nas igrejas, ainda é possível visitar outros museus, pois são todos bem compactos. A única igreja que fica afastada deste circuito é a de São José que, geralmente, fica fechada. Importante: O percurso pode e deve ser feito a pé!
  • No segundo dia, que deve ser o domingo, assista a missa na igreja de São Francisco de Assis e faça o passeio de Maria-fumaça a te Tiradentes. Se quiser, passe o domingo na cidade e retorno na última viagem. Não se esqueça de comprar a passagem de ida e volta com antecedência.

O que ver

Catedral Basílica de Nossa Senhora do Pilar

Localizada no centro histórico, foi construída em 1721 para substituir uma antiga capela incendiada durante a Guerra dos Emboabas. No início do século XIX o frontispício original foi demolido e reconstruído em estilo neoclássico a partir do risco feito por Manoel Victor de Jesus. O interior da Catedral possui altares com talhas douradas e pinturas barrocas.

Endereço: Rua Getúlio Vargas, Centro

Tel.: +55 32 3371-2568

Horário de funcionamento: ter a dom (7h às 10h e 13h às 20h)

Valor do ingresso: R$4,00

Igreja Nossa Senhora do Carmo

Erguida na fase áurea do rococó, a igreja possui a portada ricamente elaborada por elementos escultóricos e as torres octogonais ligeiramente recuadas do plano da fachada.

A atual fachada foi iniciada em 1787, tendo como diretor das obras e seu artífice, o grande mestre português Francisco de Lima Cerqueira. O interior tem características do barroco mineiro em suas pinturas e talhas folheadas a ouro. Destaque para a imagem do Cristo Inacabado.

Endereço: Largo do Carmo, Centro

Tel.: +55 32 3371-7996

Horário de funcionamento: seg a Sab (8h às 12h); qua a Sab (13h às 16h) e dom (8h às 14h)

Igreja São Francisco de Assis

Este majestoso templo franciscano é considerado um dos mais expressivos monumentos religiosos do Brasil. Nele trabalharam verdadeiros gênios na arte de escultura, do entalhe e das imagens sacras, sobressaindo-se entre todos, Francisco de Lima Cerqueira e Aniceto de Souza Lopes. Nesta igreja se destacam as linhas curvas da arquitetura.

Está inserida numa ampla praça em forma de lira, com imensas palmeiras imperiais à sua frente. Possui um cemitério com lindas esculturas e mausoléus onde está enterrado o ex-presidente Tancredo Neves.

Endereço: Praça Frei Orlando, Centro

Tel.: +55 32 3372-3110

Horário de Funcionamento: seg (8H às 16h); ter a Sab (8h às 17h) e dom (8h às 14h30min)

Igreja Nossa Senhora das Mercês

A igreja possui a capela primitiva erguida antes de 1751 em devoção a Nossa Senhora das Mercês. Reformada em 1853, a atual fachada surpreende pela torre lateral ligada ao corpo por um corredor. Destaca-se a escadaria calçada de pedras e as pitorescas alamedas laterais, de onde se aprecia uma bela vista da cidade.

Endereço: Praça Dom Pedro II, Centro

Tel.: +55 32 3371-2149

Horário de funcionamento: seg a sex (8h às 12h e 13h30min às 17h); Sab (8h às 12h) e dom (8h30min às 12h)

Igreja Nossa Senhora do Rosário

A construção desta igreja data de 1719 e deve-se a Irmandade de Nossa Senhora do Rosário e de São Benedito dos Homens Negros. É o templo mais antigo da cidade embora tenha sofrido algumas alterações. Possui em seu interior três belas imagens marianas: Nossa Senhora do Rosário, Nossa Senhora de Lourdes e a de Nossa Senhora de Fátima.

Endereço: Praça Embaixador Gastão da Cunha s/n

Tel.: +55 32 3371-4789

Horário de funcionamento: ter a dom (8h às 11h30min)

Igreja de São Gonçalo Garcia

Foi construída em 1903, substituindo a capela primitiva setecentista. No interior da igreja, destacam-se as imagens de São Gonçalo, São Francisco de Assis e Santa Joana D’Arc. A igreja possui uma agradável fachada, de linhas curvas e em dois planos, com torre única e central.

Endereço: Praça dos Expedicionários, Centro

Horário de funcionamento: seg a dom (8h às 11h e 13h às 17h)

Capela de Nossa Senhora das Dores

De estilo neogótico, a construção foi inaugurada em 1918 e tem como devoção Nossa Senhora das Dores. O interior da capela, em dias claros, apresenta-nos um espetáculo de cores que é ocasionado pela luz solar que vem do exterior e penetra nos seus belos vitrais.

Endereço: Rua Dr. Cid de Souza Rangel, Centro

Horário de funcionamento: ter (15h às 16h30min) e Sab (16h30min às 18h)

Capela de Santo Antônio de Pádua

Foi erguida por volta de 1774 e destaca-se pela originalidade de sua construção contínua ao casario da rua. A portada em pedra polida valoriza a fachada rica em detalhes arquitetônicos. O interior é imponente com pinturas e entalhes dourados de inspiração rococó.

Endereço: Rua Santo Antônio, Tijuco

Telefone: +55 32 3371-2568

Horário de funcionamento: ter (8h às 18h)

Passos da Paixão de Cristo

Os cinco Passos da Paixão de Cristo são oratórios de pedra e madeira, semelhantes a pórticos de igrejas coloniais, cuja fachada é contínua à das casas. Eles abrem apenas durante a Quaresma e a Semana Santa. Nas procissões os fiéis rezam diante deles e entoam preces, percorrendo a cidade em via-sacra.

– Passinho da Rua Prata

– Passinho do Largo do Rosário

– Passinho do Largo da Cruz

– Passinho da Rua Direita

– Passinho do Largo da Câmara

 

Museu Ferroviário

Inaugurado em 1981, seu interior apresenta um acervo de documentos, fotografias, sinos, equipamentos, entre outros. Uma das peças de destaque é a primeira locomotiva da Estrada de Ferro Oeste de Minas, que foi importada dos Estados Unidos. Junto com o passeio de Maria Fumaça e a visita à Rotunda, é possível conhecer a história dos trilhos em São João del Rei.

Endereça: Av. Hermilio Alves, 366

Tel.: +55 32 3371-8485

Horário de funcionamento: qua (13h às 17h), qui a dom (9h às 12h e das 13h às 17h)

Museu de Arte Sacra

Este museu reúne vários objetos e peças sacras, paramentos, imagens e pratarias cedidas pelas irmandades religiosas locais. São destaques a cabeça de Cristo atribuída ao Aleijadinho, a pintura “Fuga para o Egito” de Venâncio do Espírito Santo, que tem como cenário a antiga vila, e o retábulo da Capela de Nossa Senhora da Ajuda, remanescente da Fazenda do Pombal, local de nascimento de Tiradentes.

Endereço: Praça Embaixador Gastão da Cunha, 8

Tel.: +55 32 3371-7005

Horário de funcionamento: seg a sex (12h às 17h), sab (9h às 13h)

Museu dos Ex-combatentes

O foco principal deste museu da Força Expedicionária Brasileira é a Segunda Guerra Mundial. Possui documentos, roupas e armamentos de época.

Endereço: Av. Hermílio Alves, Centro

Para agendar visita deve-se ligar, com antecedência, para o Regimento Tiradentes.

Tel.: +55 32 3379-8600

Museu Regional

O museu apresenta em seu ciclo de exposições de longa duração aspectos do cotidiano dos séculos XVIII e XIX, através de mobiliário, meios de transporte, imagens sacras, pinturas e esculturas que têm por objetivo contar um pouco da intimidade e do modo de viver dos mineiros no período colonial.

Endereço: Rua Marechal Deodoro, 12 centro

Tel.: +55 32 3371-7663

Horário de funcionamento: Exposição de longa duração: ter a sex (10h30min às 17h30min), sab e dom (13h30min às 17h30min); Exposição temporária: diariamente das 9h às 17h30min

Valor do ingresso: R$1,00; aos domingos a entrada é franca. Escolas públicas: Visitação gratuita.

Site: www.museuregionaldesaojoaodelrei.blogspot.com.br

Memorial Tancredo Neves

Nele o visitante pode apreciar a trajetória política do ex-presidente Tancredo Neves através de documentos, fotografias, notícias e memórias.

Endereço: Rua Padre José Maria Xavier, 07 Centro

Tel.: +55 32 3371-7836

Horário de funcionamento: ter (13h às 17h30min); qua,qui,sex e Sab (9h às 17h30min); dom e feriados (9h às 17h)

Memorial Tancredo Neves

Memorial Cardeal Dom Lucas Moreira Neves

O Memorial possui uma riquíssima biblioteca contendo 50 mil volumes de assuntos variados, com enfoque religioso. No primeiro andar, encontra-se a pinacoteca e uma memorabília com roupas de Dom Lucas, alfaias, comendas. Medalhas, pergaminhos de nomeações, placas de homenagens e um pátio com ambiente agradável propício à leitura.

Endereço: Rua Getúlio Vargas, 52 Centro

Tel.: +55 32 3372-2674

Horário de funcionamento: ter a sex (13h às 17h); Sab, dom e feriados (9h às 13h)

Valor do ingresso: R$20,00

Site: www.memorialdomlucas.org.br

Maria Fumaça

A tradicional Maria Fumaça liga São João del Rei a Tiradentes por um trecho de 12 km em 40 minutos. Possui nove vagões e transporta até 280 passageiros em um passeio bucólico que serpenteia a Serra São José, um dos atrativos da região.

Inaugurada em 1881 por Dom Pedro II, é a única locomotiva à vapor com bitola de 76 cm em atividade no mundo que transporta passageiros.

A viagem resgata o contexto histórico ligando as estações construídas no s´culo XIX, passando por fazendas centenárias, rios e montanhas.

Endereço: Av. Hermílio Alves, 366

Tel.: +55 32 3371-8485

Partidas de São João del Rei as 10h e 15h

Site: www.fcasa.com.br/trens-turisticos

Teatro Municipal

O Teatro Municipal de São João del Rei foi inaugurado em 1893, dezesseis anos antes do Teatro Municipal do Rio de Janeiro. A atual fachada é de 1920, mas originalmente, o teatro foi construído em estilo eclético com inspiração Greco-romana.

Endereço: Av. Hermílio Alves, 170

Tel.: +55 32 3371-3704

Horário de funcionamento: 12h às 17h

Solar da Baronesa de Itaverava

O belo sobrado de esquina foi construído no século XIX e possui grande importância histórica e arquitetônica, fazendo parte do conjunto urbano tombado pelo IPHAN em 1938. Atualmente funciona o espaço cultural da UFSJ (Universidade Federal de São João del Rei).

Endereço: Praça Dr. Augusto de Chagas Viegas, 17 Centro

Tel.: +55 32 3379-2500

Horário de funcionamento: 8h às 12h e das 14h às 20h

Casa de Bárbara Eliodora

A casa onde nasceu, em 1759, a poetisa que integrou a Inconfidência Mineira é um sobrado característico do período colonial e atualmente é o edifício sede da Secretaria de Cultura, Turismo, Esporte e Lazer.

Endereço: Praça Frei Orlando, 90 Centro

Tel.: +55 32 3372-7338

Horário de funcionamento: 8h às 17h

Chafariz da Legalidade

Construído em 1834 pela Câmara Municipal com a finalidade de registrar um fato histórico: São João del Rei foi capital provisória da Província de Minas Gerais em 1833, em decorrência de uma sedição militar ocorrida em Vila Rica.

Endereço: Praça dos Expedicionários, Centro

Rua Santo Antônio

Conhecida como “a rua das casas tortas”, é uma das mais antigas da cidade. Foi um dos núcleos iniciais de desenvolvimento de São João del Rei. Estreita e sinuosa, algumas edificações instaladas em seu percurso merecem destaque, como a sede da Banda Teodoro de Faria, a Capela de Santo Antônio, a casa em que nasceu o Padre José Maria Xavier, o mais renomado musicista são-joanense e as orquestras bicentenárias, Ribeiro Bastos (1790) e Lira São-joanense (1776).

Solar dos Neves

O solar pertence a família Neves e nele viveu o ex-presidente Tancredo Neves, natural de São João Del Rei. O prédio tem dois andares com janelas e sacadas, grades e lampiões em sua fachada. Não há visitação no interior.

Endereço: Rua Embaixador Gastão da Cunha, 98

Visitação externa

Solar dos Lustosa

Esse imponente casarão colonial pertence a família do dentista Paulo Almeida Lustosa, criador de uma famosa cera artesanal capaz de aliviar as dores de dentes. O consultório, a biblioteca e o laboratório do Dr. Lustosa foram transformados em um pequeno museu.

Endereço: Praça Embaixador Gastão de Cunha, 54

Visita externa

A “Casa mais Antiga” de São João del Rei

Construída no século XVIII, a casa é considerada a mais antiga da cidade e atualmente pertence a prefeitura, onde funciona a sede do Instituto Histórico e Geográfico.

Endereço: Rua Santa Tereza, 127 Centro

Cemitério de Nossa Senhora do Carmo

Este é um dos raros cemitérios cobertos do país. O portão em ferro fundido, datado de 1836, é uma obra de grande beleza do mestre Jesuino José Ferreira.

Endereço: Praça Carlos Gomes, s/n Centro

Cruzeiros

A cidade tem quatro cruzeiros do século XIX: Cruzeiro das Mercês, Cruzeiro Senhor dos Montes, Cruzeiro do Largo da Cruz e Cruzeiro Senhor do Bonfim.

Ponte da Cadeia e Ponte do Rosário

A primeira foi edificada em 1798, após a ponte de madeira que existia no lugar ter caído com a passagem de uma procissão. É uma construção em estilo romano e foi construída com pedras rejuntadas com óleo de baleia. Ganhou esse nome depois da constrição da Casa da Câmara e Cadeia.

A segunda foi edificada em 1800. Sob a direção do mestre Francisco de Lima Cerqueira, seguindo o mesmo estilo e utilizando-se dos mesmos materiais da ponte da Cadeia, a do Rosário diferencia-se apenas por um pequeno detalhe: possui arcos plenos, enquanto a da Cadeia possui arcos abatidos.

O Cristo Redentor, o Chafariz Lampião do Largo do Carmo, o Pelourinho e o Coreto são outros atrativos que podem ser vistos durante um passeio pela cidade.

Veja tudo sobre São João del Rei e nos acompanhe também pelo Facebook e também pelo Instagram.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.