O visto é um assunto importantíssimo para quem pretende visitar a Irlanda!
Os brasileiros não precisam de visto para entrar na Irlanda ou outros países signatários do Acordo de Schengen, basta o passaporte ter validade por mais de seis meses além da data de saída do país em questão.
Na República da Irlanda, o visto é dado no serviço de imigração, na hora do desembarque.

Aeroporto

A maioria dos visitantes chega à cidade pelo Aeroporto Internacional de Dublin (código IATA: DUB), situado cerca de 10 km ao norte de Dublin. Ele oferece uma grande quantidade de voos, tanto nacionais como internacionais e recebe a maior parte do tráfego aéreo de todo o país.

O aeroporto não é pequeno, mas é simples e bem sinalizado. Assim que você sair do desembarque verá os terminais de ônibus e táxi, conforme explico no post “Saindo e chegando de ônibus do aeroporto“.

A República da Irlanda tem duas grandes companhias aéreas que atuam com muita eficiência em rotas nacionais e internacionais.

Aer Lingus é a principal companhia aérea do país e voa desde 1936. É uma empresa bastante admirada na Europa, oferecendo bons serviços apesar de ser uma companhia de baixo custo (low cost), onde as passagens são mais baratas. Com sede em Dublin, ela voa para destinos na Europa, América do Norte e Ásia.

Ryanair, fundada em 1985 com a filosofia low cost, é atualmente a maior companhia aérea de baixo custo da Europa. A Ryainair, com sede em Dublin, voa para mais de 450 destinos incluindo Europa e norte da África. Na verdade a Ryanair oferece uma das maiores malhas da Europa com passagens a preços baixos.

A companhia aérea regional e nacional irlandesa Aer Arann oferece várias rotas para outros destinos do país e para o Reino Unido, a partir de Dublin.

Serviços disponíveis no aeroporto

No interior do aeroporto tem agências bancárias dos principais bancos internacionais e dos bancos locais, além de diversos caixas eletrônicos para a retirada de dinheiro. Casas de câmbio também estão instaladas no aeroporto para a troca de moedas ou de cheques de viagem.

Os passageiros contam com lojasagência de correiosfraldários e uma grande diversidade de restaurantes e bares por todo o terminal e nos salões de embarque. Na área de embarque encontra-se uma farmácia aberta de 5h às 19h. O aeroporto tem um free shopping excelente!

O aeroporto tem um estacionamento para períodos curtos que fica diretamente em frente ao terminal e outro para longas paradas, acessível pela autoestrada e encontra-se na extremidade do aeroporto. Este estacionamento é ligado ao aeroporto por um ônibus especial que funciona 24 horas por dia.

Locadoras:

Budget – Tel.: +353 1 7044084
Hertz – Tel.: +353 1 842 9818
Johnson & Perrott – Tel.: +353 1 844 5204
Murrays/Europcar Inter Rent – Tel.: +353 1 704 4708

Hotéis próximos ao aeroporto: 

Holiday Inn Dublin Airport – Tel.: +353 1 808 0500
Dublin Airport Great Southern Hotel – Tel.: +353 1 844 6000
Clarion Dublin Airport – Tel.: +353 1 808 0500, Internet www.clariondublinairport.com
Radisson SAS Dublin Airport – Tel.: +353 1 844 6000, Internet www.radissonsas.com
Holiday Inn Express – Tel.: +353 1 862 8866
Crowne Plaza – Tel.: +353 1 862 8888
Travelodge – Tel.: +353 1 807 9400

Clique no banner abaixo e escolha o seu hotel!

Imigração

Este é um assunto importantíssimo para quem pretende visitar a Irlanda!

Os brasileiros não precisam de visto para entrar na Irlanda ou outros países signatários do Acordo de Schengen, basta o passaporte ter validade por mais de seis meses além da data de saída do país em questão.

Na República da Irlanda, o visto é dado no serviço de imigração, na hora do desembarque.

Os oficiais de imigração são rigorosíssimos e tornam o processo lento e desgastante, pois fazem inúmeras perguntas, com pegadinhas para te confundir inclusive! Por isso, tenha calma e procure não se confundir com datas ou qualquer outra informação.

Perguntam quanto tempo você vai ficar, o que vai fazer, se vai sair de Dublin para outras cidades, onde vai se hospedar, quanto tem em dinheiro, se tem algum parente ou amigo no país… São, de fato, muitas perguntas e, às vezes, tentam te confundir.

Caso você tenha algum familiar ou amigo em Dublin e vá se hospedar com ele, recomendo que leve uma carta escrita a mão por essa pessoa, afirmando que você ficará hospedado na casa dela e que ela se responsabiliza por você. Deve conter ainda o endereço de moradia, de trabalho e um telefone de contato da pessoa que assina a carta.

A Irlanda é um país que tem um grande número de imigrante de diversos países, inclusive do Brasil, que ocupa o segundo lugar no ranking, ficando atrás apenas, dos indianos. São muitos brasileiros vivendo na República da Irlanda e a grande maioria com visto de estudante. Esse é o motivo para tanto rigor durante o processo de imigração no aeroporto. O governo tenta impedir a entrada de possíveis imigrante se passando por turistas, mas que na verdade pretendem permanecer no país, ainda que em situação ilegal.

Os brasileiros estão no topo da lista dos deportados por situação irregular no país e isso se reflete no cuidado com visitantes brasileiros durante o processo de imigração.

Para evitar aborrecimentos e facilitar todo o processo, tenha em mãos, além do passaporte, a passagem de volta, comprovante de reserva de hotel e do valor em euros que você tem, certificado de seguro viagem (obrigatório no valor de 30 mil euros) e se for o caso, a carta que mencionei acima.

Se prepare para uma imigração “chata”, se não for, ótimo! Você pode ser uma exceção e, nesse caso, comente aqui sua experiência!

O visto é dado na hora e, normalmente, são rigorosos carimbando exatamente a data de seu voo como limite de estada legal no país.

Quem tem passaporte da Comunidade Europeia tem tratamento diferenciado na imigração, passando por guichês próprios para esses passaportes e sem ter que responder, necessariamente, às perguntas. No meu caso, que tenho o passaporte português nunca tive problemas, mas como viajo todos os anos para a Irlanda, já presenciei vários constrangimentos nos guichês de imigração.

Para tirar dúvidas mais específicas, entre no site oficial do serviço de imigração irlandês.

Dublin Airport

End.: Aer Rianta, Dublin, Irlanda

Tel.: +353 1 814 1111, +353 1 814 4092
Fax: +353 1 814 4364
E-mail: marketing.dublin@aer-rianta.ie

Site: http://www.dublinairport.com/home.aspx

 

Não viage sem seguro!!!

 

 

4 Responses

  1. karolina carmo

    Vou fazer uma viagem para dublin em outubro ficando 28 dias viajando,não falo inglês e estou com muito medo disso. Estou indo me encontrar com meu namorado que e cidadão europeu que esta na irlanda a 5 meses estudando,não vamos ficar na irlanda vamos viajar pela europa. Sera que vou encontrar problema por não falar nada em inglês ?

    Responder
    • Katia Braga
      Katia Braga

      Olá Karolina, boa tarde!

      Morando a cinco meses na Irlanda, seu namorado já deve falar um bom inglês e, certamente, lhe ajudará ao longo da viagem. Entretanto, não posso deixar de dizer que o inglês faz muita falta em qualquer viagem.
      Desejo uma ótima viagem!!!

      Responder
  2. LAURA

    Oi Katia, tudo bem? Vi que voce disse que tem passaporte português. Estou em Lisboa e vou fazer apenas uma conexão em Dublin para ir para Londres. Mudarei apenas de terminal para o próximo voo. Voce sabe me dizer se eu passarei pela imigração? Sendo que é voo dentro da Europa.. e eu tenho o visto de Estada Temporária em Portugal. Obrigada, Laura

    Responder
    • Katia Braga
      Katia Braga

      Olá Laura, boa tarde!
      A princípio, passageiros em conexão não fazem imigração. A não ser que você pretenda sair da área de conexão, aí estará entrando no país, independente de ser um país europeu. Entretanto, nessa situação, se você for portadora de um passaporte europeu, a imigração é bem tranquila!
      Espero ter te ajudado!
      Bjsss,
      Kátia

      Responder

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.