Saímos cedo de Lisboa em direção ao nosso primeiro destino do dia, o Santuário de Fátima. De lá seguiríamos ainda para o Mosteiro da Batalha, o Mosteiro de Alcobaça, a cidade de Nazaré e, finalmente Óbidos, a cidadela medieval super bem conservada.

Chegamos a Fátima em uma manhã de sol com um céu azul belíssimo! O dia estava mesmo perfeito!!!

A cidade de Fátima é um dos maiores centros de peregrinação mariana e turismo religioso do mundo, isso devido ao Santuário de Nossa Senhora de Fátima. O local recebe cerca de seis milhões de visitantes por ano, sendo mais do que o Brasil inteiro recebe no mesmo período!

Nossa visita ao Santuário foi em 12 de abril, um mês e um dia antes do Centenário das Aparições de Nossa Senhora de Fátima.

Caminhamos, calmamente, pela ampla esplanada – que é maior do que a Praça de São Pedro, no Vaticano – entre as duas basílicas e sentimos toda a tranquilidade e paz do local. Não há falatório nem burburinho, somente pessoas orando, acendendo velas em agradecimento, contemplando e, até quem estava lá, como nós, apenas para conhecer e reverenciar o lugar, se comporta com absoluta discrição e respeito.

Em seguida, visitamos a Capelinha das Aparições, construída no local onde se deram as Aparições de Nossa Senhora; depois a Basílica de Nossa Senhora dos Remédios de Fátima, onde estão os túmulos dos três pastorinhos que viram Nossa Senhora por seis vezes.

Vimos um pedaço do muro de Berlim, exposto na lateral da esplanada e, então, seguimos para a Basílica da Santíssima Trindade, erguida para atender a demanda de peregrinos e devotos que frequentam o santuário.

Por fim, entramos na lojinha para comprarmos as lembrancinhas que desejávamos trazer, desse lugar sagrado, para nossos familiares e amigos. Há uma grande variedade de artigos religiosos, principalmente com o tema de Nossa Senhora e as aparições. Os terços são dos mais variados e são vendidos a partir de 2 euros.

A história de Fátima está intimamente ligada à história dos três pastorinhos – Lúcia dos Santos e os irmãos Francisco e Jacinta de Marto e às aparições de Nossa Senhora de Fátima, tendo sido a primeira em treze de maio de 1917.

Divulgação

As crianças, então com 10, 9 e 7 anos respectivamente, estavam pastorando suas ovelhas na Cova da Iria – um vasto terreno que pertencia à família de Lúcia – quando testemunharam a Aparição de Nossa Senhora, onde atualmente se encontra a Capelinha das Aparições.

Posteriormente, todos os dias treze, entre os meses de maio e outubro de 1917, Nossa Senhora apareceu, no mesmo local, para as três crianças.

As aparições eram antecedidas por inexplicáveis fenômenos climáticos, o que provocava ainda mais perplexidade a todos. Às três crianças, Nossa Senhora disse: “Não tenhais medo”.

A última aparição se deu em treze de outubro de 1917 com o testemunho de cerca de setenta mil peregrinos que assistiram ao chamado “Milagre do Sol” – momento em que “a chuva parou, o céu se abriu, e o sol pareceu soltar-se do firmamento girando sobre si num rodopio louco”.

Divulgação

Este é um ano especial e muito aguardado por todos os católicos do mundo todo, pois é celebrado o Centenário das Aparições de Nossa Senhora de Fátima às três crianças.

Nossa visita a Portugal nos trouxe mais essa grande satisfação, visitar Fátima em um ano tão especial e significativo!

Fátima está a 128 quilômetros, ao norte, de Lisboa e a 196, ao sul, do Porto pela A1, principal rodovia do país, sendo facilmente acessada. A estrada é ótima e muito bem sinalizada, como também pudemos observar em outras estradas do país.

O Santuário 

O santuário que começou a ser construído em 1919, com a Capelinha das Aparições, é composto por uma grande esplanada que conta com o dobro do tamanho da Praça de São Pedro, no Vaticano, limitando-se pela Basílica Nossa Senhora do Rosário de Fátima em uma extremidade; pela monumental Basílica da Santíssima Trindade na outra; pela Capelinha das Aparições, o local onde ocorrem as aparições de Nossa Senhora junto a uma azinheira, árvore abundante e protegida em Portugal; e por outras construções religiosas, culturais, administrativas e de acolhimento aos peregrinos.

Dedicado à Nossa Senhora do Rosário, o Santuário de Fátima foi formalmente intitulado pela igreja como Basílica Nossa Senhora do Rosário de Fátima. Trata-se de um Santuário Nacional, um dos mais importantes Santuários Marianos do mundo e de maior destino internacional de Turismo Religioso.

O santuário foi agraciado com duas rosas de ouro papais e visitado pelos Papas Paulo VI (1967), João Paulo II (1982, 1991 e 2000) e Bento XVI (2010). O Papa Francisco visitará o santuário e rezará missa no dia treze de maio de 2017, durante as comemorações do Centenário das Aparições de Nossa Senhora de Fátima, ocasião em que canonizará os irmãos Francisco e Jacinta. 

O que ver no Santuário

Basílica Nossa Senhora do Rosário de Fátima

A Basílica de Nossa Senhora do Rosário, ou simplesmente Basílica do Rosário como é chamada, é uma construção em estilo neobarroco projetada pelo arquiteto holandês Gerardus van Krienken e começou a ser erguida em 1928.

O edifício, que mede 70,5 metros de comprimento e 37 de largura, foi totalmente construído com pedra da região, sendo que os altares são de mármore de Estremoz, de Pedro Pinheiro e de Fátima.

A torre sineira mede 65 metros de altura e no topo é ornada por uma coroa em bronze pesando sete toneladas e encimada por uma cruz, iluminada durante a noite.

O carrilhão é composto por 62 sinos, pesando, o maior sino, três toneladas com um badalo de noventa quilos. Ainda compõem a fachada da basílica, um relógio e os anjos em mármore.

No nicho da fachada da basílica encontra-se uma grande estátua do Imaculado Coração de Maria esculpida pelo Padre Thomas McGlynn sob indicação da Irmã Lúcia. A obra mede 4,73 metros de altura e pesa 13 toneladas.

O que é imperdível no interior da Basílica:

Por cima da porta principal, encontra-se um mosaico que representa a Santíssima Trindade coroando Nossa Senhora.

O 15º mistério, um baixo-relevo de pedra, na abside da capela-mor que representa a Santíssima Trindade coroando Nossa Senhora.

O quadro do retábulo representa a Mensagem de Nossa Senhora que desce, em forma de luz e de paz, ao encontro dos videntes, preparados pelo Anjo. No canto superior direito, figuram os papas Pio XII, João XXIII e Paulo VI. Do lado oposto, três anjos.

O arco cruzeiro ostenta, em toda a volta, um mosaico, onde se lê Regina Sacratissimi Rosarii Fatimae ora pro nobis.

Na entrada da Basílica, do lado direito, encontra-se a imagem de São João Eudes, fundador da Congregação de Jesus e Maria, enquanto que do lado esquerdo, a estátua de Santo Estevão, primeiro rei da Hungria, coroado no ano 1000 e que consagrou a sua nação a Nossa Senhora.

Os túmulos dos pastorinhos que ficam próximos ao altar.

Os 14 altares laterais que representam, cada um, um mistério do Rosário.

Do lado direito da capela-mor, encontra-se a estátua de São Domingos de Gusmão, o grande apóstolo do rosário no século XIII. Do lado esquerdo, Santo Antonio Maria Claret, fundador da Congregação dos Missionários do Coração de Maria.

Por trás da balaustrada, encontra-se uma imagem de Nossa Senhora de Fátima. Ao centro, um grande altar de pedra com frontal de prata, representando a Última Ceia de Cristo.

Os vitrais da capela-mor representam os quatro evangelistas, a aparição do Anjo, uma cena da vida dos pastorinhos e aspectos da Cova da Iria em dia de peregrinação.

Basílica da Santíssima Trindade

Foi inaugurada em 12 de outubro de 2007 por ocasião do 90º aniversário das Aparições de Nossa Senhora de Fátima. A Basílica da Santíssima Trindade é um projeto do arquiteto grego Alexandros Tombazis, abriga até 8.633 pessoas sentadas e tem uma área de 40.000 m².

Apesar de seu estilo moderno, lembra o bizantino. Ela tem formato circular, uma porta em bronze espetacular com 8 metros de altura e a acústica é perfeita. Na frente do altar encontra-se um fragmento de mármore do túmulo do apóstolo Pedro.

Capelinha das Aparições 

Entre a Basílica de Nossa Senhora de Fátima e a Basílica da Santíssima Trindade encontra-se a Capelinha das Aparições.

O pedestal onde se encontra a imagem original de Nossa Senhora marca o local onde ficava a pequena azinheira sobre a qual a Santíssima Virgem Maria apareceu para a s três crianças por seis vezes.

A azinheira original não existe mais, no entanto, uma grande azinheira foi colocada atrás da capelinha.

Casa dos Pastorinhos 

Na Vila Aljustrel, precisamente na Rua dos Pastorinhos, a poucos quilômetros do santuário, ficam as casas onde viveram os três pastorinhos Lúcia e seus primos, os irmãos Francisco e Jacinta.

As casas podem ser visitadas, pois foram transformadas em museu onde tudo está da mesma forma que a época das crianças e das aparições. São móveis, roupas, roupas de cama e objetos pessoais, tudo foi preservado como em 1917.

O táxi é uma boa opção para quem não esteja de carro.

Outras sugestões para visitação

Havendo tempo após a visita ao Santuário e a Casa dos Pastorinhos na vila de Aljustrel, o Museu de Cera e a Via Sacra, com 14 capelas que representam as diferentes estações da Paixão de Cristo são atrações que merecem uma visita.

Quando ir à Fátima

O Santuário fica aberto durante todo o ano. Entretanto, nos dias doze e treze de maio o local recebe milhares de peregrinos, além de visitantes, pois são os dias de celebração da data da primeira aparição de Nossa Senhora na Cova da Iria.

Em todo dia treze dos outros meses, principalmente de junho a outubro, último mês das aparições de Nossa Senhora, o Santuário também recebe um grande número de pessoas.

Portanto, para fazer uma visita tranquila, sem aglomeração de visitantes, evite essas datas, principalmente doze e treze de maio!

No entanto, as celebrações mais significativas e comoventes são a Procissão das Velas, na noite do dia 12, e a do Adeus, no dia 13 pela manhã.

Como Chegar

De carro 

Saindo de Lisboa, pegue a A1 (a rodovia que liga o norte ao sul do país) em direção ao Porto. Fátima fica ao lado da rodovia e a sinalização é perfeita, bem como a estrada é excelente.

Na entrada da cidade há uma placa indicando Santuário – Rotunda Sul – Ourém.

Há estacionamento gratuito.

São 120 quilômetros de Lisboa à Fátima e a viagem dura cerca de 1h50. O pedágio custa € 8,35.

Saindo do Porto, são 196 km em direção a Lisboa pela mesma rodovia A1.

Estando de carro é possível visitar outros destinos muito interessantes, como o Mosteiro de Batalha (18 km), Castelo de Tomar e Mosteiro de Cristo (32 km), Mosteiro de Alcobaça (40 km) ou Nazaré (63 km).

De ônibus 

O ônibus sai da Rodoviária Sete Rios, em Lisboa, a partir das 7h de hora em hora e a viagem dura cerca de uma hora e meia. O último ônibus sai de Fátima com destino a Lisboa às 20h.

O bilhete pode ser comprado pela internet, no site da Rede Nacional de Expressos, com antecedência de até 14 dias e a passagem custa € 10,90 ida ou € 19,60 ida e volta.

Pode-se chegar à Rodoviária Sete Rios de metrô (estação Jardim Zoológico – linha azul) ou trem, a partir da estação Rossio, descendo na estação Sete Rios.

Em Fátima, a rodoviária fica a curta distância do Santuário. São, aproximadamente, 500 metros que podem ser feitos com uma leve caminhada ou, se preferir, de táxi (cerca de € 5).

Há saídas a partir de outras cidades, basta consultar o site da Rede Nacional de Expressos.

De trem

Essa é a pior opção!

Distante 23 quilômetros do Santuário, a estação Fátima é, definitivamente, a pior opção para peregrinos e visitantes. Entretanto, se interessar a alguém, basta consultar o site da Comboios Portugal para obter informações.

De excursão 

Várias agências de turismo realizam o passeio ao Santuário a partir de Lisboa. As excursões, normalmente são de dia inteiro incluindo, ainda, uma visita aos mosteiros de Batalha e Alcobaça, além Nazaré.

Os valores das excursões, em abril de 2017, são a partir de € 65.

Caminhos de Fátima

Muitos peregrinos chegam ao Santuário fazendo o percurso a pé vindo por estradas, caminhos rurais e através dos quatro Caminhos de Fátima que são sinalizados e facilmente identificados.

 

Sua Viagem começa aqui! Planeje conosco!!!

Reserve seu hotel em Fátima com o Booking

Reserve seu hotel em Coimbra com o Booking

Faça seu Seguro Viagem com a Real Seguro Viagem

Alugue seu carro em Portugal com a Rentalcars

Compre passeios e excursões com Ticketbar

 

Gostou desse artigo? Então leia outras postagens publicadas sobre Portugal.

Siga o Cruzando Mundo no Instagram, no Twitter e curta a nossa fanpage no Facebook

◊◊◊◊◊◊◊◊◊◊◊◊◊◊◊◊◊◊◊◊◊◊◊◊◊◊◊◊◊◊◊◊◊◊◊◊◊◊◊◊◊◊◊◊◊◊◊◊◊◊◊◊◊◊◊◊◊◊◊◊◊

Ao reservar seu hotel pelos links dos posts, pelos banners do site Booking.com ou clicando aqui, o blog recebe uma pequena comissão, o que nos ajuda a mantê-lo atualizado e você não paga nada mais por isso.

◊◊◊◊◊◊◊◊◊◊◊◊◊◊◊◊◊◊◊◊◊◊◊◊◊◊◊◊◊◊◊◊◊◊◊◊◊◊◊◊◊◊◊◊◊◊◊◊◊◊◊◊◊◊◊◊◊◊◊◊◊

 

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.